marcusve/ dezembro 27, 2018/ O que é a Bíblia/ 0 comments

O que é a bíblia? (por Rob Bell)* – Parte 28

Autoridade

clique aqui para começar com a parte 1

 

Alguns de vocês perguntaram sobre a autoridade da Bíblia – geralmente a questão é algo como: A Bíblia é autoritativa**?

Ao que eu respondo: De onde você tirou essa ideia?

Seguido por: Em que versículo está escrito que a Bíblia tem autoridade?

Há versos sobre Deus com autoridade, Jesus, governos, profetas, reis, soldados, mestres e líderes com autoridade, mas tão longe quanto a Bíblia tendo autoridade, o que não é a linguagem exata que encontramos, … o que encontramos é algo muito mais interessante.

Então vamos gastar um momento nessa palavra autoridade . Para isso, vamos olhar para uma passagem na carta do apóstolo Paulo aos Coríntios, onde ele fala sobre

a autoridade que o Senhor me deu para edificação, e não para destruição. [ 2 Coríntios 13v10 ]

A palavra para a autoridade que Paulo usa aqui é a palavra grega exousia

que é composta por duas palavras:

ek que significa para fora de

e

eimi que é o verbo ser.

A palavra é geralmente traduzida por peso, poder, influência, e, é claro, autoridade. É uma palavra ativa, referindo-se ao poder de agir de forma particular para fins particulares. É algo que você tem, mas no sentido dinâmico de fazer algo com ela. (Também é uma palavra feminina para aqueles que gostam de anotar).

Agora, vamos pensar sobre exousia em termos da Bíblia.

Primeiro, a Bíblia tem que ser interpretada.

Quando alguém diz que está apenas dizendo o que a Bíblia diz, isso não é verdade. Ele interpretou a Bíblia para dizer isso. Quando alguém diz que está apenas fazendo o que a Bíblia diz para fazer, esse alguém não te cumprimenta com um beijo santo, provavelmente não está usando dois tipos de tecido costurados, e há uma boa chance de que ele não tenha borlas costuradas nos cantos das suas vestes, como ordenado na Bíblia. Ele não faz essas coisas porque ele não acredita que esses comandos sejam obrigatórios para ele hoje. E ele não acredita nisso ou na prática dessas coisas porque ele interpreta a Bíblia de uma maneira particular. Ou, mais provavelmente, ele foi influenciado por alguém que lhe disse que é assim que a Bíblia deve ser interpretada.

Alguém a quem ele deu autoridade para fazê-lo. Ele deu a esse pai, professor, pastor, padre, líder de juventude – quem quer que seja – autoridade sobre ele. Peso, poder, influência.

Algumas pessoas têm autoridade sobre você por causa da circunstância, como a polícia ou líderes governamentais e a Receita Federal. Outras pessoas têm autoridade porque você lhes dá autoridade.

O telhado em nossas casa está com vazamento. Quando chove, o que, na Califórnia realmente aconteceu uma vez, eu não consigo lembrar! Haha – literalmente tivemos que colocar baldes na cozinha por causa da quantidade de água que vinha através das rachaduras. Então, na semana passada chamamos a empresa de telhados; eles vieram e o cara inspecionou as coisas, fez alguns reparos e, em seguida me pediu para ir para cima do telhado para me mostrar o que tinha feito e o que ainda precisa ser feito. O cara é um especialista, e quando ele me mostrou como consertar nosso telhado, eu dei-lhe exousia – eu dei-lhe peso e influência, porque eu quero o telhado sem vazamentos.

Realmente básico, mas importante quando você está fazendo perguntas sobre a autoridade da Bíblia.

Em segundo lugar, então, é importante entender que autoridade é uma realidade relacional. Aqui está o que eu quero dizer: Quando as pessoas falam sobre a autoridade da Bíblia, ao que geralmente eles estão se referindo é a necessidade de você fazer o que ela diz, obedecê-la, acreditar nela, e submeter-se a ela. A Bíblia, nesse contexto, é frequentemente descrita como o objetivo, a verdade absoluta de Deus e por isso a única resposta apropriada é a de segui-la.

Mas segui-la, obedecê-la, submeter-se a ela – qualquer que sejam as palavras que deseje usar – não pode ser feito sem interpretação. E a interpretação requer pessoas reais para fazer a interpretação. Alguém tem que decidir o que diz a Bíblia, o que significa, e com o que isso se parece em carne e osso.

É por isso que muitas pessoas, especialmente os de origem mais fundamentalista, ficam como que desnorteadas quando se trata da Bíblia. Eles foram ensinados por seu pastor ou pais ou figuras de autoridade a se submeter à autoridade da Bíblia, mas isso é impossível de fazer sem se submeter primeiro a quem está decidindo o que a Bíblia está dizendo. E isso requer confiança. Porque a autoridade é uma realidade relacional. Alguém disse que é assim que é. O problema, claro, é que as pessoas que mais falam sobre a autoridade da Bíblia também parecem falar mais sobre coisas como a verdade objetiva e absoluta, verdade que existe de modo independente das realidades relacionais.

Então o que muitas vezes acontece é que as pessoas crescem ou começam a ler ou viajar ou ir para a universidade ou fazer amigos fora de sua tribo e, nesse processo descobrem que as coisas

não são como eles disseram que as coisas eram.

Eles percebem que o que foi dito simplesmente como absoluto e objetivo é, na verdade um conjunto de interpretações feitas por seres humanos reais. Os seres humanos que muitas vezes revelam uma perspectiva limitada …

E o sentimento que se tem é o de traição.

Como se você fosse vendido por uma soma de bens.

Sempre que encontro ex-fundamentalistas irritados ou machucados que falam sobre estarem cansados da igreja ou desiludidos com o cristianismo ou com a Bíblia eu sempre faço perguntas sobre o seu passado, sobre em quem eles confiaram e o que aconteceu, porque estas questões de autoridade são realidades relacionais.

Então, existem maneiras melhores de entender a autoridade da Bíblia?

Sim, existem. Vou te dar uma aqui, envolvendo música.

Meu filho mais novo começou aprender guitarra recentemente, e muitas vezes à noite ele diz Pai, eu estou pronto, que é a deixa para eu entrar em seu quarto e pegar uma guitarra enquanto ele pega o outra e, em seguida, lhe ensinar algo novo, uma sequência, um acorde, uma canção. (Para os nerds de guitarra, ultimamente ele tem tocado uma Rickenbacker e eu tenho uma antiga D-25. Legal.) Eu comecei mostrando-lhe a diferença entre uma nota e um acorde, que é um número de notas tocadas juntas.

Um certo número de notas tocadas juntas.

Pense na Bíblia como uma nota num acorde. A simples nota pode parecer forte. Mas quando você a toca com outras notas, talvez uma oitava ou uma sétima ou nona, soa mais completa, com textura e profundidade. Por milhares de anos as pessoas de fé têm entendido a Bíblia como uma das notas do acorde da fé, com as outras notas sendo a razão e a tradição e seu senso de que o Espírito está fazendo algo de novo, só para citar alguns. Diferentes tradições salientaram notas diferentes, mas todas elas concordam que você nunca interagiu com a Bíblia de forma isolada, como se fosse apenas uma nota, mas sim em relação a essas outras dimensões da experiência.

Razão. Você tem um cérebro. Use-o. Lógica, processo de pensamento racional, dedução.

Tradição. O que outros disseram sobre este texto? Como é que os outros entenderam?

Espírito. Será que nós, juntos, sentimos algo novo acontecendo? Vemos sugestões e vislumbres desta nova criação na Bíblia? Vemos isso nos apontando um lugar onde nós estamos agora apenas começando?

Para recapitular, então, a autoridade é quando você concede peso, poder e influência. E um entendimento saudável da Bíblia sempre ouve a todo o acorde. O que, naturalmente contribui para uma melhor canção.

A seguir: Uma edição limitada especial de Natal

* Série de reflexões sobre a Bíblia, escrita e publicada originalmente em inglês, no tumblr, pelo próprio autor Rob Bell e sua equipe.

Transcrito e adaptado para portugues por Marcus Vinicius Epprecht com autorização do autor. Proibida a reprodução para fins comerciais ou qualquer forma de ganho sobre este texto sem a autorização expressa do autor e do tradutor. Os posts originais em inglês foram desativados pelo autor em função do lançamento desse conteúdo em livro, por enquanto somente em inglês. Revisado por Fernanda Votta Epprecht.

** nt. Que tem autoridade ou estabelece uma relação de subordinação com outra coisa ou pessoa .

 

Além disso quando você se cadastrar abaixo, terá acesso a livros digitais também gratuitos.

Receba nossa correspondência com as novidades da nossa blogosfera. São muitas alternativas para todos os gostos.

Verifique essas alternativas todas conforme seu gosto. É só clicar!

Cadastre-se e curta!

Por hoje é só!

Um Excelente viver pra você!!

Marcus e Mel

MVE Produções

P.S.:

Gostou?

Compartilhe este artigo com seus amigos.

Share this Post

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

2 + 14 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.