marcusve/ dezembro 26, 2018/ O que é a Bíblia/ 0 comments

O que é a bíblia? (por Rob Bell)* – Parte 25

Larry no Aeroporto.

clique aqui para começar com a parte 1

 

É segunda-feira**, o que significa que é hora de uma parábola. Para levar o nosso jogo para um nível totalmente novo. Há duas partes e sua participação na primeira delas.

Primeiro, há um espaço em branco no final. Como você vai preenchê-lo?

Em segundo lugar, em qual história da Bíblia você acha que esta parábola é inspirada? Envie-me sua resposta utilizando o botão no topo da página.***

Como sempre meus amigos, vou postar destaques de sua inteligência, sabedoria, discernimento e insanidade.

Divirta-se …

Imagine que você está sentado perto da esteira de bagagens no aeroporto, à espera de seu tio Willy e tia Frieda chegarem de Sarasota, quando você nota um homem e uma mulher andando em direção um do outro e se abraçam. Você não pensa nada sobre este homem e esta mulher se abraçando porque isso acontece o tempo todo perto da esteira de bagagens do aeroporto. As pessoas chegam e são recebidas por seus familiares e amigos e amantes e, em seguida, chega a sua bagagem e vão para o estacionamento.

Você não sabe quem é esse homem ou essa mulher, de onde um deles está vindo ou quem está visitando quem, ou o que se passou, ou está acontecendo entre eles. É apenas um homem e uma mulher, abraçando-se em um aeroporto.

Agora imagine que você sabe alguma coisa sobre eles.

Imagine que você sabe que este homem e esta mulher são, na verdade irmãos, e ela está trabalhando num hospital em Malawi durante os últimos três anos e eles acabam de descobrir que seu pai foi diagnosticado com câncer no cérebro e tem apenas alguns dias de vida. Assim ela voou para casa, e há muito que ela precisa dizer a ele, e seu irmão veio buscá-la no aeroporto e estão indo direto para o hospital, onde sua família estará junta pela primeira vez em anos e eles vão dizer adeus a seu pai e ambos sabem como esse abraço é diferente de tudo que já experimentaram…

Ou vamos dizer que eles são marido e mulher, e ela tinha um sonho de ser uma escultora, fazendo apresentações e tendo seu trabalho vendido em galerias, mas depois que ela entrou na universidade eles começaram a ter filhos e, então, ele foi para a universidade, e ela precisou conseguir um emprego para fazer face às despesas e agora estão ambos a trabalhar longas horas, tentando criar os filhos e pagar empréstimos escolares e a hipoteca da casa e agora seu filho mais velho precisa de aparelhos ortodônticos e sua casa precisa de um novo telhado e seu sonho está morto. Mas em seu quadragésimo quarto aniversário ela acordou com um profundo sentimento de desespero, como se a vida tivesse tomado decisões por ela o que a deixou com a convicção de que ela não fora fiel a si mesma. Ela compartilhou isso com seu marido, que sugeriu que ela conseguisse um emprego durante a noite e fins de semana em uma loja de artigos esportivos que seu amigo possui para que ela pudesse diminuir suas horas no trabalho e então eles poderiam limpar um espaço em seu porão para montar um estúdio para ela começar a trabalhar de novo … e agora já faz três anos, e ela acabou de voltar de uma viagem a Nova York, onde vendeu suas duas primeiras peças e assinou um contrato com uma galeria, e eles fizeram isso juntos e estão exaustos, mas eles estão vivos, em caminhos que nunca estiveram antes, e há um sentimento de sacrifício compartilhado, de como eles se uniram para fazer isso acontecer e há muita alegria entre eles, e ele está feliz por uma série de razões, entre elas, a de não ter mais que responder a outra pergunta sobre clubes de golfe.

Ou imagine que este homem e esta mulher são amigos, eles já se conhecem há 15 anos, foram para a mesma faculdade e em vários momentos que já namoraram amigos uns dos outros, mas há cinco anos, mudaram-se para lados diferentes do país. E então, de forma inesperada, um ano atrás eles começaram a escrever cartas um para o outro, cartas reais em papel escritas à caneta, e através dessas cartas um amor genuíno começou a crescer. Ambos foram enganados em seus últimos relacionamentos: ela estava noiva, mas o noivo cancelou o casamento duas semanas antes da data; ele descobriu que sua namorada de quatro anos estava tendo um caso com seu companheiro de quarto durante dois desses anos, e assim eles decidiram que não iriam ver um ao outro e que iriam escrever apenas por um ano e se no final desse ano eles ainda estavessem escrevendo, então eles se veriam em pessoa. Isto aconteceu – as cartas os aproximaram de forma extraordinária com o seu amor sendo construindo à medida que compartilham mais e mais de suas vidas um com o outro. E agora um ano se passou e ela veio visitá-lo. E ele tem um anel de diamante no bolso. O que ela não sabe .

Agora, vamos voltar.

Você está lá perto da esteira de bagagens, só que agora você sabe tudo dessa história, circunstâncias e contexto, e então você a vê andando pelo corredor em direção a ele.

A cena é eletrizante para você, certo?

Você vê com outros olhos,

você está totalmente engajado,

cheio de expectativa.

Por quê? Porque agora você está ciente. Anteriormente, você desconhecia a profundidade das histórias dessas pessoas. Mas agora você vê, conhece e sente uma série de coisas que você não fez anteriormente. Sua consciência mudou, e foi, é claro, tudo a partir de sua perspectiva.

Agora vamos dizer que seu amigo Larry está com você, mas Larry estava no banheiro o tempo todo. Larry aparece apenas quando a mulher está se aproximando do homem e começa a falar como ele não concorda com esses novos secadores de mão onde você enfia suas mãos e espera o ar ligar, porque eles são altos e ele acha que não são tão eficazes e qualquer tipo de eletricidade que eles pretendem economizar não pode compensar o fato de que ele sempre acaba tendo que limpar as mãos molhadas nas calças, o que faz com que pareça que ele teve um acidente. “O que há de errado com toalhas de papel?!” Larry pergunta mas você faz um movimento para ele parar de falar porque você está observando atentamente dois estranhos que se encontram e se abraçam. Você não pode tirar os olhos deles, você está colado na cena na frente de você, e você percebe que você está realmente lutando contra uma lágrima.

Larry te olha, pasmo.

Larry acha que você está sendo um pouco furtivo e diz: “Eu não entendo. Uma mulher sai de um avião e abraça o homem que está esperando por ela, acontece centenas de vezes por dia, é a esteira de bagagens do aeroporto, afinal de contas, é isso que as pessoas fazem aqui. Estou perdendo alguma coisa?”

Você tem uma resposta para Larry, certo? E assim você olha nos olhos dele e diz

_______________________________

A seguir: Destaques, Favoritos e Exercícios de Absurdo

* Série de reflexões sobre a Bíblia, escrita e publicada originalmente em inglês, no tumblr, pelo próprio autor Rob Bell e sua equipe.

Transcrito e adaptado para portugues por Marcus Vinicius Epprecht com autorização do autor. Proibida a reprodução para fins comerciais ou qualquer forma de ganho sobre este texto sem a autorização expressa do autor e do tradutor. Os posts originais em inglês foram desativados pelo autor em função do lançamento desse conteúdo em livro, por enquanto somente em inglês. Revisado por Fernanda Votta Epprecht.

** n.t. postagem original numa 2.a feira

*** n.t. proposta válida somente para os leitores da postagem original.

 

Além disso quando você se cadastrar abaixo, terá acesso a livros digitais também gratuitos.

Receba nossa correspondência com as novidades da nossa blogosfera. São muitas alternativas para todos os gostos.

Verifique essas alternativas todas conforme seu gosto. É só clicar!

Cadastre-se e curta!

Por hoje é só!

Um Excelente viver pra você!!

Marcus e Mel

MVE Produções

P.S.:

Gostou?

Compartilhe este artigo com seus amigos.

Share this Post

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*
*

18 − 16 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.